Pássaros experimentam a música como nós, demonstra estudo

pardal garganta brancaSarah Earp, graduanda da Emory University, chefiou o estudo dos cérebros de pardais-de-garganta-branca ouvindo  canto de pássaros. Os resultados mostraram que o cérebro dos pássaros responderam de maneira similar a como o cérebro humano reage à música.

“Nós descobrimos que o mesmo sistema neural de recompensa está ativo em pássaros fêmeas no período de procriação quando escutam o canto de pássaros do sexo masculino e em pessoas que escutam música que gostam”, disse Earp num comunicado de imprensa.

Pássaros machos no período de procriação não acham o canto de pássaros macho tão atraente. Quando eles o escutam, seus cérebros respondem como cérebros humanos respondem à música de filme de terror.

Esse foi o primeiro estudo a usar a imagem cerebral dos ouvintes para comparar o canto dos pássaros com a música humana.

“A maioria das tentativas de comparar os dois centraram-se na qualidade do som, como melodia e ritmo”, Earp Explica.

Earp aponta que um problema ao tentar comparar o cérebro de pássaros com o de humanos é que eles são muito diferentes. Algumas partes do cérebro humano que correspondem à música nem existem nos pássaros.

No entanto, eles são semelhantes o suficiente para os pesquisadores verem que eles reagem à música quase da mesma maneira.

“Tanto o canto dos pássaros e a música produz respostas não apenas em regiões cerebrais associadas diretamente à recompensa, mas também em regiões interconectadas que servem para regular emoções”, afirma Earp.

O estudo foi publicado no jornal Frontiers no Evolutionary Neuroscience, dia 28 de novembro.

3 comentários em “Pássaros experimentam a música como nós, demonstra estudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Codigo de seguranca *