Pesquisa revela o enorme risco de extinção de pássaros da Mata Atlântica

Fonte: http://continuarrespirando.blogspot.com.br  Uma pesquisa coordenada pelo professor Gareth Russell do Instituto de Tecnologia de Nova Jersey revelou que há muitas espécies de pássaros ameaçadas de extinção na Mata Atlântica brasileira.

Os pesquisadores usaram, para determinar o risco de extinção da população de pássaro, um método com base no grau de fragmentação do habitat deles, provocada pela ação humana ou natural. Essa fragmentação, que podemos chamar de descontinuidade, reduz a chance de sobrevivência desses animais que vivem no local.

No total foram 127 espécies que tiveram o método aplicado pelos cientistas. Essas espécies de pássaros vivem na Mata Atlântica, numa área que é referência mundial pela diversidade desses animais e que teve a triste perca de mais de 90% de sua vegetação original. Os cientistas concluíam que 58 espécies vivem em habitats muito fragmentados e 28 delas não são consideradas ameaçadas pela lista mais recente da União Internacional para a Conservação da Natureza, mas recomendam que essa classificação seja verificada.

 

O objetivo da pesquisa é contribuir para a compreensão melhor do risco de extinção de um animal. É um grande desafio chegar a esses dados, pois as espécies em perigo são geralmente as mais raras e mais difíceis de serem estudadas. O método desenvolvido pelos cientistas é considerado por eles um facilitador no processo, porque reques apenas um conhecimento básico da espécie e pode ser relacionado com os dados recentes sobre o meio ambiente. Para eles esse método pode ser usado em lugares diversos do planeta e para várias espécies.

Por Giovanna Santurbano

 

Um comentário em “Pesquisa revela o enorme risco de extinção de pássaros da Mata Atlântica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Codigo de seguranca *