Holandês é preso em aeroporto com 12 beija-flores dentro da calça

Turista holandês foi detido no aeroporto de Rochambeau, na Guiana Francesa, ao tentar voltar para casa com a calça recheada de passarinhos.

0,,69835678,00 0,,69835677,00 0,,69835680,00
E não era só um, não! Era mais de uma dúzia de pequenos beija-flores, enrolados um a um e acondicionados na parte interna das calças do cara.

Ele foi detido porque apresentou comportamento suspeito diante dos funcionários do aeroporto. Seu nome não foi revelado, mas suspeita-se que ele já tenha sido fichado por tentar contrabandear animais silvestres.

O acusado ficou retido no aeroporto e, sentadinho na sala da alfândega, não deu um pio para reclamar do que aconteceu.

http://revistagloborural.globo.com/Revista

 

10 comentários em “Holandês é preso em aeroporto com 12 beija-flores dentro da calça

  • 24/11/2013 em 13:56
    Permalink

    Ele estava traficando pássaros… pois há pessoas que compram !!!
    Mas isto não tira a culpa dele !

    Resposta
  • 24/11/2013 em 20:25
    Permalink

    tá e o q aconteceu com os pássaros? Não acho sobre a situação deles em local algum, eles foram soltos? Morreram, o que houve????

    Resposta
  • 15/02/2014 em 20:44
    Permalink

    O PÁSSARO ,mais fragil que eu conheço é o beijja-flor. e sei por experiência própria que ele não chegaria vivo a lugar algum,acondicionado assim sem o menor conforto. a punição pra esse cidadão holandês deve ser severa o suficiente para que ele não se sinta estimulado á repetir o crime. e para que outros prováveis criminosos,entendam que não vale a pena arriscarem. cadeia,pra quem transporta,pra quem vende e pra quem compra dos traficantes!!!!!!!!!!!!

    Resposta
  • 04/01/2015 em 20:05
    Permalink

    PRENDE ELE ENROLA NUMA LONA E MANDA ELE DE VOLTA PARA HOLANDA COM CARTAZ QUE REPETIR O QUE ELE FEZ NÃO VOLTA FICA NO BRASIL PARA ALIMENTAR AS PIRANHAS.

    Resposta
  • 17/08/2015 em 13:23
    Permalink

    Isso não é gente! Dá ele de comida para as piranhas!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Codigo de seguranca *