Estrelinha

estrelinha ametista

Família: Trochilidae Espécie: Challiphlox amethystina

Comprimento: macho 8,6 cm; fêmea 7,5 cm. Presente em todo o Brasil, sendo relativamente comum no Nordeste, Sudeste e Sul. Encontrado também das Guianas e Venezuela ao Paraguai e Argentina.

Habita bordas de florestas altas, clareiras, caatingas, cerrados, jardins e campos com árvores. Vive geralmente solitário, desde o estrato arbustivo mais baixo até a copa das árvores. Voa como um besouro, batendo as asas até 80 vezes por segundo. É mestre em vôos ascendentes e para trás. Em sua exibição para a fêmea, durante o período reprodutivo, o macho voa para frente e para trás executando um movimento pendular, cantando e chamando a atenção pelo estranho zumbido que produz.

Seu ninho é pequeno, em formato de xícara, preso em grandes galhos de árvores isoladas na borda da floresta, a cerca de 15 m de altura. Põe 2 ovos. O macho tem garganta e lados do pescoço vermelho-ametista-brilhante, barriga branca e cauda bifurcada; a fêmea possui garganta e barriga brancas, cauda curta e não bifurcada. Conhecido também como tesourinha, beija-flor-mosca (Rio Grande do Sul), besourinho-ametista, besouro-zumbidor e estrelinha-ametista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Codigo de seguranca *