Arara ameaçada de extinção é novo morador de parque zoobotânico em Petrolina

Publicado em 04.02.2010, às 09h22

Roseane Albuquerque Do Núcleo SJCC/Petrolina

 

Imagem mostra arara-canindé, espécie que passa a habitar o zoo de Petrolina
Foto: Arquivo

As instalações do parque zoobotânico do 72o Batalhão de Infantaria Motorizado (72 BI Mtz) em Petrolina, Sertão do Estado, contam agora com mais um morador: trata-se de um filhote de arara-canindé, também conhecida como arara de barriga amarela, uma espécie ameaçada de extinção. Agora, são cinco aves desta espécie na unidade militar que fica no sertão pernambucano. De acordo com informações do setor de Relações Públicas do
72 BI, o nome da nova arara-canindé deverá ser escolhido através de enquete junto à população.

Ler mais

Descoberta de fóssil reforça parentesco entre aves e dinossauros

Dinossauro era parecido com um avestruz, mas tinha rabo comprido.
Réptil da família dos alvarezsaurídeos foi encontrado na China

A tese de que parte dos dinossauros não acabou, mas evoluiu e se transformou em aves, está se tornando cada vez mais comprovada. A descoberta de um pequeno fóssil na China reforça a teoria. Já batizado de Haplocheirus sollers, ele é um réptil parente próximo dos primeiros pássaros, e ajuda a esclarecer algumas lacunas do elo perdido entre dinossauros e pássaros.

Ler mais